Como superar dificuldades? Descubra neste artigo

Superar dificuldades como?

Imagine que seu animalzinho de estimação morreu. No trabalho, você está sofrendo muita pressão por parte da chefia. Descobre que seu filho está doente e precisa ser imediatamente operado. Bateram no seu carro que não tem seguro e teve perda total. Você precisa muito falar com uma amiga e ela não responde às suas ligações. Seu casamento terminou e a separação é algo inevitável.

Todas estas situações podem ser estressantes e também até traumáticas. Como você lida com elas?

Quem nunca passou por situações difíceis na vida que atire a primeira pedra.

Algumas perdas são necessárias, mas lidar com elas é um grande desafio às vezes não é nada fácil superá-las.

Mas quando o assunto é superação  de dificuldades superá-las é o que as pessoas fazem para aliviar o estresse ou o sofrimento causado por algum acontecimento ou situação negativa.

E como você faz, geralmente, quando encontra pela frente uma dificuldade ou situação dolorosa, luta contra ela ou avalia e tenta solucionar?

See the source imageSegundos pesquisas realizadas por Sonja Lyubomirski, PhD em Psicologia Social da Universidade de Stanford, ela nos traz que por convenção da psicologia existe duas variedades de superação de dificuldades. A primeira delas é a superação centrada no problema e a outra centrada na emoção.

 

As pessoas que tentam superar dificuldades centradas no problema; tentam assumir a responsabilidade da situação, agir sobre ela, fazendo de algum modo a fazer o aspecto ruim desaparecer.

É claro que isso nem sempre é possível, como por exemplo: se você perde uma pessoa querida, a única coisa a fazer, a única superação possível é administrar suas reações emocionais.

Fizeram pesquisas para identificar quais os passos as pessoas descrevem quando se valem das estratégias de superação centrada no problema.

  • Concentro meus esforços em fazer algo a respeito;
  • Faço o que tem de ser feito, passo a passo;
  • Tento encontrar uma estratégia sobre o que fazer;
  • Faço um plano de ação;
  • Ponho de lado as outras atividades para me concentrar nesta;
  • Tento obter conselho de alguém sobre o que fazer;
  • Converso com alguém que possa fazer algo concreto sobre a situação.

No entanto todos os itens desta lista funcionam muito bem quando a superação é centrada no problema, mas se a situação que estiver enfrentando for incontrolável, ou se a pessoa estiver arrasada pelas emoções negativas impossibilitando-a de agir, então neste caso a melhor forma é a centrada na emoção.

A forma como é conduzida este tipo de estratégia (centrada na emoção) pode ser por comportamento ou pelo modo de pensar(cognitivo).

Quando for através do comportamento um exemplo prático é fazer algo que envolva distração (ou atividade física) ou buscar apoio emocional de pessoas próximas (relações positivas).

Ações deste tipo quebram o padrão, eleva o ânimo deixando a pessoa mais pronta para agir sobre o problema.

E pela forma de mudar o modo de pensar é possível a reinterpretação da situação de maneira positiva, tentando aprender algo com a experiência ou tentando encontrar algo de bom no que está acontecendo.

Com certeza ambos os tipos de superação são eficazes, mas dependerá muito da situação e da pessoa.

Na psicoterapia positiva é possível trabalhar estes dois tipos de superação de dificuldades considerando junto a utilização das forças de caráter.

E você já sabe quais são as suas forças de caráter?

Se ainda não, acesse https://www.viacharacter.org/survey/account/register e faça o teste do VIA INSTITUTE ON CHARACTER, é gratuito e descubra como construir a sua melhor versão e que poderá lhe auxiliar muito na superação de dificuldades.

E por que fazer o teste? Milhões de pessoas fizeram a pesquisa para descobrir suas maiores forças de caráter, para usá-las em suas vidas diárias. Pesquisas mostram que o uso das forças de caráter pode ajudá-lo:

  • Melhorar seus relacionamentos
  • Melhorar o seu bem-estar geral
  • Criar sua resiliência
  • Fortalecer sua capacidade de superar problemas

O meu objetivo através deste artigo foi trazer até você este assunto para reflexão e compartilhar algumas estratégias de superação para você utilizar na resolução de situações difíceis.

E é muito importante lembrar que algumas pessoas não conseguem superar adversidades da vida sozinha, em alguns casos faz-se necessário ajuda de um profissional da psicologia.

Cláudia Maria Pedroso Dias

Psicóloga Clínica - CRP 07/20397

Pós graduanda em Psicologia Positiva pela PUCRS, idealizadora do NAPPEM – Núcleo de Aplicação da Psicologia Positiva e Educação Emocional, palestrante, escritora, empreendedora digital, criadora do curso online Psicologia Positiva na Prática. Uma pessoa de bem com a vida, alegre, uma apaixonada por desenvolver e empoderar pessoas. 

Gostou?! Ajude-nos a compartilhar...

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print

Leia também...

Faça seu comentário

WhatsApp chat